*A poluição e a falta de desejo sexual* Estresse, rotina, falta de tempo são alguns dos motivos que levam à falta de desejo sexual. Adicione mais um à lista: o disruptor endócrino. Disruptores endócrinos são substâncias químicas poluentes presentes no meio ambiente e capazes de afetar o equilíbrio hormonal, responsável por muitas funções vitais como o crescimento, o desenvolvimento e também a resposta sexual. Atualmente existem mais de 500 substâncias químicas sintéticas que poderiam se enquadrar nessa classificação e são habitualmente usadas na indústria, agricultura, produtos farmacêuticos, cosméticos ou produtos de limpeza doméstica. Fora do campo da sexualidade, existem muitos autores que relacionam os disruptores endócrinos com a puberdade precoce em meninas, síndrome do ovário policístico, redução da fertilidade, tumores em órgãos hormonodependentes, alterações no desenvolvimento do sistema neurológico, diabetes, obesidade, síndrome da fadiga crônica, fibromialgia ou esclerose múltipla. Além disso, contaminação por esses xenoestrogênos afeta mais a mulher, que além de possuir mais receptores de estrogênio que os homens, também tem mais tecido adiposo, que é onde essas substâncias se fixam. O fato de a mulher consumir mais cosméticos ou estar em contato com mais produtos de limpeza, muitos dos quais estão carregados de disruptores endócrinos, completa esse quadro de maior perigo. Fonte: El País
1 comment
1 comment