Os processos de linchamento virtual e bullying nas redes sociais são processos que me assustam muito. Pela irracionalidade, pela velocidade e pelo enorme potencial de estrago. A separação que fizemos desde o começo da presença cotidiana de comunicações digitais entre o que é real e o que é virtual me parece cada vez mais prejudicial e incorreta. Acho que essa ideia foi cada vez sedimentando mais e mais a ideia que as interações que temos com pessoas por meios virtuais acabam ali, o que não é verdade. Felizmente, a alguns anos passamos a discutir esse tipo de coisa em várias comunidades. A comunidade gamer por exemplo, é um ambiente que pode ser extremamente nocivo para muita gente, muito pela dificuldade de entender que as pessoas com as quais interagimos são pessoas completas e complexas. Esse passo do Instagram é um passo muito tímido para encarar esse problema na plataforma, mas pelo menos é um passo, e tomara que o primeiro de muitos.
0 comments
0 comments