O tempo passa e só não enxerga os benefícios da legalização da maconha quem não quer. Uma coisa é trabalhar com os medos e receios pessoais de cada um sobre o assunto. Outra coisa é analisar dados de países que já passaram pela legalização. Em países como EUA e Canadá, um benefício indireto porém fundamental foi a redução do consumo da planta entre os mais jovens. A principal hipótese para tal fenômeno é a da diminuição do próprio tráfico de modo geral por conta da legalização. O consumo legalizado exige a apresentação de documentos e a comprovação de idade, o que dificulta o acesso dos mais jovens à droga. O estudo, realizado pela Universidade Estadual de Montana, nos EUA, contraria uma das maiores preocupações entre os que se colocam contrários à legalização. A pesquisa trabalhou com dados de 27 estados onde a maconha foi legalizada principalmente para fins médicos, e 7 onde o uso recreativo foi permitido. Enquanto a legalização médica não alterou praticamente em nada o uso entre jovens, com a liberação recreativa o consumo entre os mais novos caiu 8%.
0 comments
0 comments