A radiação eletromagnética está presente em nossa vida em altos níveis - e o tempo todo. Seja pelos sinais de rádio e TV, smartphones e até mesmo, pelas fontes naturais, como a luz solar. A nova geração de internet móvel, que já está em operação em alguns lugares do mundo, usa ondas de frequência mais altas do que as redes anteriores, permitindo, assim que mais dispositivos tenham acesso à internet ao mesmo tempo e numa velocidade mais rápida. No entanto, elas têm gerado questionamentos sobre os possíveis riscos da radiação à saúde. Enquanto a OMS não constatou nenhum efeito adverso à saúde causado pelo uso de telefones celulares, também classificou toda radiação de radiofrequência (da qual os sinais de celular fazem parte) como "possivelmente cancerígena".
0 comments
0 comments