Continuam os ataques à saúde do brasileiro Os diversos ataques de sucateamento do SUS e dos serviços de saúde no Brasil tem um endereçamento. O projeto de destruição da saúde pública por parte do atual governo federal está cada vez mais evidente e tem como objetivo as privatizações e o favorecimento dos planos de saúde e das industriais farmacêuticas. Depois das terríveis consequências do fim do mais médicos, deixando mais de 3 milhões de brasileiros desamparados. A medida dessa vez terá consequências mais perversas, atingindo até 30 milhões de brasileiros que já estão em algum sofrimento. São medicamentos para sujeitos com câncer, insulinas, diabetes, entre outros. A medida irá favorecer necessariamente o mercado, e prejudicar radicalmente as populações que antes eram atendidas por essa política.
0 comments
0 comments