Segundo dados do Greenpeace, desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro, 290 substâncias foram liberadas para utilização. A análise ainda revela que, deste número total, pelo menos 32% dos produtos já são proibidos em toda a União Europeia.
0 comments
0 comments