[Sobre política migratória] Vi hoje uma imagem que mexeu comigo e me deixou desconfortável, sobretudo porque não saberia pensar em uma solução para o problema que ela expunha. A foto retrata uma situação extremamente delicada pela qual passa uma considerável parte da população latino americana em sua tentativa de migração para os Estados Unidos. As pessoas tentam ilegalmente entrar no país e são barradas. É uma séria questão de crise migratória. O tema é de repercussão tão grande que até grandes personalidades artísticas comentam e se envolvem politicamente na questão. Recentemente, inclusive, sob a indicação de um querido amigo, acompanhei manifestações de Madonna sobre o tema, onde ela aproveitava e criticava - bastante - o atual presidente norte americano Donald Trump. A situação é tão complicada que, se por um lado imaginamos uma grande quantidade de pessoas em situação de pobreza que são impedidas de adentrar em um país próspero, ou quando entram, são detidas e colocadas em situaçoes de pouco (ou nenhum) conforto, do outro vislumbra-se que também certa razão assiste à maior economia do mundo que, infelizmente não pode assumir responsabilidade sob essas pessoas sem o risco de se prejudicar a qualidade de vida daqueles que são nacionais ou estrangeiros legalmente estabelecidos no país. Trecho da reportagem que detalha um pouco do caso específico da foto. O link segue após o excerto. "A moça e o filho viajaram cerca de 2,4 mil km de sua terra natal, a Guatemala, até a cidade fronteiriça de Ciudad Juárez, a apenas alguns metros dos Estados Unidos. A situação difícil dos dois foi capturada por um fotógrafo da Reuters, Jose Luis Gonzalez, enquanto o sol se punha na segunda-feira (22)." Presente em: (https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/07/25/fotos-mostram-mae-guatemalteca-implorando-para-soldado-deixa-la-entrar-nos-eua.ghtml)
0 comments
0 comments