Veja bem a crise que o super desenvolvido Japão está passando: o aumento da crimilidade cometida por IDOSOS. O motivo? É que senhores de mais 65 anos estão alegando estarem pobres e não ter onde morar. Um dos idosos entrevistados contou que ficou 8 anos atrás das grades e não se arrepende nem um pouco. Ele apontou uma vantagem financeira adicional - a aposentadoria continua sendo paga mesmo quando ele está lá dentro. Em 1997, cerca de uma em cada vinte condenações foram de indivíduos de mais de 65 anos. Vinte anos depois, no entanto, essa fração subiu para mais de uma em cinco - frequência que supera o crescimento desta parcela da população (embora os idosos correspondam atualmente a mais de um quarto dos habitantes do país). O furto, principalmente em lojas, é esmagadoramente o principal crime cometido por idosos infratores. Eles costumam roubar alimentos baratos de algum mercado que frequentem regularmente. Surpreso? Eu sim, na nossa imaginação no Japão todo mundo é tão educado, não passa necessidade, não existe ladrão, né?
0 comments
0 comments