Blizzard, responsável por Hearthstone, se vê dentro de um pequeno turbilhão de insatisfação. Depois de 5 longos anos, a empresa resolveu atualizar a estética de algumas cartas antigas, os novos modelos de algumas cartas são claros em evitar imagens agressivas ou muito sensualizadas. Desde mudar o posicionamento de algum personagem, retirar marcas de sangue ou até mudar a figura da carta como um todo, mudanças que alguns consideram uma forma de censura. Hearthstone nasceu como um jogo de cartas baseado no universo de World of Warcraft, logo, vem de uma franquia sempre disposta a mostrar uma bela arte que representa a realidade de seu mundo fantástico. As mudanças nessas cartas acabam distanciando a arte do que originalmente a franquia Warcraft usou como pilares. Obviamente essas mudanças não são gratuitas, o mercado chinês, sempre possuiu grandes obstáculos que a Blizzard tentou abarcar em todas suas franquias, e pelo número de clientes possíveis, as mudanças estão completamente dentro de um padrão razoável. Porém, resta o questionamento, pelas últimas ações da companhia, será o mercado dos jogadores chineses o foco da Blizzard no futuro?
0 comments
0 comments