A questão indígena é um importante tema de estudo geopolítico no Brasil. Recentemente, por um infeliz acontecimento, tem sido alvo de discussões e reportagens no país. O que aconteceu foi que, ao que tudo indica, Emyra Waiãpi, de 62 anos, um dos líderes do povo indígena Waiãpi, foi assassinado a facadas. Justamente em um momento em que sua tribo acusava a invasão de garimpeiros. Não bastasse todo o infeliz acontecimento, ainda surge o presidente para palpitar. Enquanto isso, estamos acompanhando. Funai e MPF (Ministério Público Federal) estão apurando os fatos e investigando os possíveis crimes. Torço para que tudo se resolva e que ninguém saia impune.
0 comments
0 comments