- Responsabilidade de quê? - A responsabilidade de ter olhos quando os outros perderam (José Saramago) Será essa a indagação da economia francesa? Pelo visto a ratificação do acordo comercial entre a União Europeia EU e o Mercosul será objeto de muita análise pela economia da França, uma vez que a potência econômica e cultural terá especialistas independentes para analisar esse acordo. Segundo informações, a comissão formada deverá fazer uma avaliação “completa e transparente” que pesará no “posicionamento” de Paris no momento de sua ratificação. A composição dessa equipe está incumbida de formular recomendações para “responder aos riscos” que identificar durante a análise. É válido ressaltar que se tratam de especialistas científicos em matéria de meio-ambiente, comercial, agrícola, sanitária, jurídica, social e geopolítica, ou seja, trata-se de trabalho multidisciplinar. Acredito que todas as análises serão à luz do custo-benefício e impactos sociais, da vantagem comparativa (de David Ricardo), das potenciais externalidades negativas e claro, do interesse da economia francesa (que com certeza deverá ser atendido, no que tange aos ganhos dessa integração comercial), de modo a equilibrar tanto para os setores agrícolas (no qual recairá o maior ônus) quanto industriais (mais interessados).
0 comments
0 comments