A Selic é a taxa básica de juros na economia. É o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central do Brasil BACEN para controlar a inflação (que no caso da brasileira, na maioria das vezes é causada por pressões de demanda). Os agentes econômicos devem ter em mente que essa ela influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras. Nesse sentido, torna-se responsável pelo controle da demanda agregada por bens e serviços na economia. Diante da atual conjuntura da economia brasileira, cujo nível de atividade encontra-se estagnado em termos históricos, taxa de inflação sob controle e elevada taxa de desemprego, a expectativa do mercado volta-se para a implementação de uma política monetária expansionista (ao reduzir a taxa Selic). Em termos práticos, a redução da taxa tende a reduzir o custo do crédito, o que promove o aumento do consumo e dos investimentos agregados (em potencial, mas a expectativa de médio e longo prazo também assume um peso considerável na decisão de investir).
0 comments
0 comments