Sou a favor da imprensa livre mesmo quando ela me "incomoda". Uso aspas entre o termo porque é um incomodo positivo: daqueles que tê-lo pode ser sinal de uma boa saúde democrática no país. Tenho pensado muito sobre o papel da imprensa nos rumos do país e confesso que tenho ficado espantado com algumas conclusões a que tenho chegado. A imprensa tenta direcionar (em muito) os rumos da política. Por óbvio, isso não é de hoje, do governo atual e tampouco deve ser uma característica unicamente tupiniquim. Mas, no nosso caso, não é difícil notar que tem-se tentado criar um clima não muito amistoso entre o STF e a operação Lava Jato. A imprensa, em certa medida, tem sido responsável por "fofocar" à Suprema Corte que a Lava Jato tem ido atrás de seus membros - muitas vezes sem comprovar a alegação ou, segundo outros, forjar atuações inadequadas do ex-magistrado.
0 comments
0 comments