Você conhece a mente fliperama? Se você, assim como eu, usa suas redes sociais como forma de se inspirar, com certeza já passou por essa situação. A gente cuida com tanto carinho do nosso feed, pra só ter ali o que realmente gostamos, as pessoas que realmente são referência pra gente, que ele acaba se tornando irresistível, né? Mas já pensou como isso pode se tornar uma grande sabotagem? Com esse tanto de informação, fica fácil se perder num mundo de hiperlinks e voar, voar, sem aterrisar em lugar algum. Textos, imagens, artigos, notícias incríveis passando pela nossa cabeça como uma bolinha de fliperama, que não para nunca. Esse grande fluxo de conteúdo é um dos grandes motivos de toda a ansiedade que vivemos hoje. E, com ela, a sensação constante de não fazer o suficiente e não saber o suficiente. E como diminuir esse impacto que as redes sociais causam em nossa atenção? Confira algumas dicas: - Menos é mais: siga menos gente, escolha bem as pessoas que tenham mais conteúdo com a sua cara. - Busque fontes offline e saia dessa zona de conforto! já pensou que você pode achar inspirações que ninguém está procurando porque tá todo mundo ali na bolha do Instagram? - Limitar o seu tempo no celular também ajuda muito - você também já se pegou querendo mais horas no seu dia? Resolva dois problemas com uma medida só! - Tente ficar um dia completamente offline. O mundo não vai acabar se você não responder aquele Whatsapp da sua amiga na hora que ela mandou. E você? Já encontrou alguma forma de driblar a tentação que as redes sociais causam na gente e usá-la de forma benéfica para nossa saúde?
0 comments
0 comments