Superado o trâmite na Câmara dos Deputados, a proposta da Reforma da Previdência, enfim, chega ao Senado Federal. E, ao que tudo indica, o presidente Davi Alcolumbre não quer que o Senado demore a dar prosseguimentos às solenidades necessárias à aprovação dessa famigerada proposta. A previsão dada pelo chefe de tal casa legislativa é que em até 45 dias a votação, assim como todas as etapas necessárias, estará concluída. É sempre bom lembrar que as propostas de Emenda à Constituição prescindem da aprovação do Presidente da República para entrarem em vigor. Assim sendo, em tese, se o Senado votar favoravelmente, já poderemos "comemorar".
0 comments
0 comments