Em um estudo publicado na revista Nature, astrônomos encontraram um novo conjunto de 39 galáxias massiva e muito antigas, usando múltiplos observatórios espaciais e terrestres. Essa população de galáxias são da época que o universo tinha cerca de 2 bilhões de anos. Essa surpreendente população ancestral pode desafiar as teorias convencionais da formação de galáxias. Tao Wang, pesquisador na Universidade de Tóquio, afirmou: _“Esta descoberta contraria os modelos atuais para esse período da evolução cósmica e ajudará a adicionar alguns detalhes, que estavam faltando até agora". _ Ele acredita que o conjunto de galáxias, conectadas a buracos negros supermassivos e matéria escura, contradiz com os modelos conhecidos do Universo.
0 comments
0 comments