Uma daquelas vitórias importantes dos movimentos. Se a agenda do governo é de realizar ataques perversos e retirar direitos dos povos tradicionais, em especial os Indígenas e Quilombolas, tivemos algumas notícias boas recentemente. O objetivo do "Bozo", desta vez, era de passar a função das demarcações das terras indígenas, que hoje é realizada pela FUNAI, para o ministério do Meio Ambiente. A medida iria obviamente favorecer os grandes empresários da agropecuária brasileira, além de facilitar a liberação das mesmas terras para a exploração de minério. O STF votou por unanimidade contra o presidente Bolsonaro, uma grande surpresa, levando em conta os últimos posicionamentos tomados por essa casa. A luta das comunidades tradicionais é histórica e vencedora. Apesar dos grandes massacres que esses povos já viveram, irão resistir mais uma vez às truculências e desrespeitos desse governo autoritário e retrógrado.
1 comment
1 comment