Importante movimento social irá se reunir em Brasília bradando por direitos às mulheres. Concordemos ou não com as pautas, é difícil discordar de que se trata de importante manifestação que leva à Praça dos Três Poderes pautas de interesses nacionais sob as vozes femininas. Cumpre ressaltar que o movimento não é de hoje, tendo nascido ainda no Governo Fernando Henrique Cardoso. Como explica Edjane Rodrigues em reportagem anexa indicada, ""ainda somos 'invisibilizadas' na questão da igualdade de gênero. Para lutar contra a violência, precisamos de autonomia e renda. Por isso, as políticas públicas se fazem necessárias", diz a Secretária de Políticas Sociais da Contag. Ela conta que, neste ano, a condução da pauta será diferente, seguindo uma plataforma política composta por 10 eixos principais, que passam pela conservação da sociobiodiversidade, autonomia econômica, liberdade das mulheres, defesa do SUS e previdência social".
0 comments
0 comments