=O que ninguém te contou sobre autocuidado= De um tempo pra cá, parece que boa parte das pessoas ao redor do mundo resolveu se cuidar melhor e espalhar o amor próprio por aí. E se você ainda não notou que o self-care virou um dos assuntos mais bombados do ano, provavelmente tá usando essa maravilhosa ferramenta chamada internet do jeito errado. O assunto está vivendo seu hype e podemos provar: só no Instagram, já são quase 400 mil posts falando sobre coisas relacionadas à #autocuidado. E a #selfcare (que significa a mesma coisa, só que em inglês) acumula a impressionante marca de mais de 18 milhões de publicações. Mas não para por aí: no último ano, o interesse por autocuidado nas pesquisas do Google aqui no Brasil mais do que dobrou e, no último mês de maio, as buscas pela palavra atingiram um ápice que não rolava desde 2004. No meio dessa história toda, alguns temas tipo autoestima, bem-estar, empoderamento e autoconhecimento também têm ganhado bastante força – nas rodas de conversa entre amigos, na interwebs e até nos ambientes de trabalho por aí. O auge! Com as vibes de amor próprio espalhadas pelo ar, os perfis do Instagram dedicados a levar mensagens positivas pra galera nas redes só ganham força. Em abril deste ano, por exemplo, a ilustradora Camille Pasquarelli criou o @inspireoutras, pra compartilhar com outras mulheres frases sobre superação acompanhadas dos desenhos fofinhos criados por ela. A página fez tanto sucesso que, só nesses quatro meses, já conquistou mais de 75 mil seguidores. Nesse caso, um número diz mais que mil palavras. E até o próprio Instagram (considerada a rede-social-vilã da saúde mental dos jovens) resolveu subir a #YouGotThis (“você consegue”), que toda semana exalta um post good vibes diferente. Isso sem falar que o número de influenciadores que se dedicam a criar conteúdos sobre meditação, cuidados com o corpo, skincare, saúde mental e vários outros assuntos sobre suas rotinas de autocuidado só cresce. Mas a real é que nem tudo são ilustrações bonitinhas e mensagens incentivadoras. Nunca antes na história encaramos tantos casos de depressão, ansiedade e distúrbios psicológicos como agora. E só não percebe quem não quer: essa onda de falarmos cada vez mais abertamente sobre a importância do autocuidado, bem-estar e saúde emocional veio pra tentar ajudar a galera a se preservar em meio ao caos. Ainda bem, né? O autocuidado é a autoajuda da nova geração e é melhor que quem ainda não se rendeu comece logo a dar mais atenção que o corpo e a mente andam pedindo. Há quem defenda com unhas e dentes que o autocuidado verdadeiro também é cuidar dos outros. E nem ousamos discordar, né? Até porque encontrar o que faz sentido pro nosso corpo e pra nossa mente é sempre sobre trocar vivências, compartilhar, se inspirar, entender os outros e mostrar ao mundo que sua existência é política. E quando o assunto é política, a gente já sabe que não dá pra ignorar o coletivo.
0 comments
0 comments