O uso de medicamentos benzodiazepínicos, popularmente conhecidos como calmantes, sem prescrição médica ou utilizados de forma diferente da indicada supera o uso de cocaína no país, de acordo com pesquisa recente. Pesquisadores identificaram que aproximadamente 306 mil brasileiros eram dependentes de benzodiazepínicos, enquanto os viciados em cocaína somavam 275 mil. De acorco com a Fiocruz, no ano de 2015, que 2,1 milhões de brasileiros entre 12 e 65 anos haviam consumido algum benzodiazepínico (medicamentos de tarja preta) sem receita médica ou de maneira diferente da prescrita nos 12 meses anteriores. Isso representava 1,4% da população. Se considerado o uso ao menos uma vez ao longo da vida, esse percentual sobe para 3,9%, ou quase 6 milhões de pessoas. Entre os que relataram ter feito uso de cocaína nos 12 meses anteriores somavam 1,3 milhão de pessoas (0,9% da população entre 12 e 65 anos).
0 comments
0 comments