Acho muito legítima a "reclamação" das universidades. Mas não posso deixar de lembrar o silêncio que praticavam em gestões anteriores, com tão absurdos cortes na educação quanto os atuais. Lembro-me de um período no qual várias universidades não receberam repasses do governo federal - e por isso ficaram sem conseguir custear serviços básicos, tais como limpeza dos prédios das diversas faculdades. Sabe que reitor foi reclamar? Não lembro de muitos. O corte atual, por óbvio, é motivo de briga, Porém, necessário ressaltar que ele vem sendo feito de uma maneira muito mais clara e aberta - não só aos profissionais acadêmicos, mas à toda a sociedade. Isso deve ser valorizado, sobretudo tendo em vista que o governo Dilma, por exemplo, enquanto dizia que brigava por "10%" da destinação do PIB à pasta, cortava gastos sempre que podia.
0 comments
0 comments