Essa fala do "03" é um pouco dissonante do que o pai dele, presidente da república, expôs. Isso porque Jair Bolsonaro alegou querer proteger o filho de uma derrota/decepção, fomentando a tese de que a indicação era de interesse familiar. Eu mesmo, que não tenho tanta coisa contrária assim à indicação de Eduardo ao cargo, critiquei. Ao que parece, o "pai protetor" não deve se preocupar. Zero três segue bem confiante e fazendo sua campanha internamente no Senado brasileiro. Sigo favorável à sua indicação, principalmente por parecer ter uma relação próxima com o atual presidente norte americano (Donald Trump),mas cá entre nós: ele e a família podiam parar de falar besteira, não é?
1 comment
1 comment