=Os planeta do nosso sistema solar= A palavra planeta vem do grego, e significa “errante, aquele que muda de lugar”. Os gregos, antes deles, os mesopotâmicos, os egípcios, entre outros, já tinham notado que alguns astros mudavam de posição no céu com o decorrer do tempo. Eles viam os corpos se movendo por entre as estrelas. Os helênicos chamaram o mais rápido deles de Hermes, que ficou conhecido no ocidente como Mercúrio — o nome romano para a mesma divindade. Afrodite ficou conhecida depois como Vênus pelos mesmos motivos. Ares é Marte, Zeus é Júpiter, Cronos é Saturno; além de Selene ser o nome grego para a Lua e Hélios para o Sol. Os antigos consideravam o Sol e a Lua como astros errantes, e, de fato, eles se movem no céu. Os sete planetas originaram a semana, e em muitas línguas os nomes dos dias derivam dos nomes dos planetas. =O que é um planeta?= Hoje, a definição de planeta é mais complexa. Desde 2006, a União Astronômica Internacional estabeleceu que um planeta em nosso sistema solar precisa ter três características: 1. Estar em órbita do Sol; 2. Ter massa suficiente para assumir o equilíbrio hidrostático — assumir um formato aproximadamente esférico; 3. Que o astro tenha limpado as vizinhanças de sua órbita, ou seja, que não tenha deixado objetos significativos perto a ele. A soma desses três critérios afastou Plutão do rol de planetas do sistema solar, tendo sido observado pela primeira vez em 1930. Deixou o grupo para assumir inicialmente a classificação de planeta anão e depois passou a liderar um grupo denominado plutoide. Agora, mais planetas anões e mais plutoides tem sido identificados em nosso sistema planetário. =Classificação dos planetas= Separamos os planetas em gasosos e terrestres, sendo a Terra o protótipo dos planetas terrestres ou telúricos, e Júpiter o dos planetas gasosos ou jovianos. Os terrestres são ricos em metais densos e são os mais próximos ao Sol: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. Os jovianos estão a grandes distâncias do Sol: Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, que hoje é o último planeta do sistema solar. São formados por gases, grandes oceanos de hidrogênio líquido e exibem gigantescas tempestades. Todos possuem numerosas famílias de satélites e anéis ao seu redor, e suas densidades são baixos com valores próximo ao da água. O que é novo, hoje em dia, são de outras estrelas que possuem outros planetas ao redor, os exoplanetas. Mas pouco se sabe sobre eles, ainda. *Fonte: ABC da Astronomia*
0 comments
0 comments