Por mais que eu pense que Bolsonaro tenha menos apego ao poder estatal que seus anteriores, ele ainda tem bastante. E, talvez menos inteligente que seus antecessores (que eram mais calculistas), o atual Presidente grita mais aos ventos sua força. E aí está um grande erro político. Ora, não é ilegal um presidente da República "trocar" o diretor geral da polícia federal. Mas precisa ele mesmo fazer alarde sobre isso? Precisa ficar falando que "pode e fará quando bem entender?" Faça como alguns antecessores que quando determinados agentes não satisfaziam seus interesses, substituíam-no na surdina e deixavam que a imprensa implicasse [se ela se atentasse ao fato]. Apesar dos longos anos no meio, Bolsonaro é muito infantil na política, ao que me parece. Peço licença para parafrasear um jogo que marcou minha vida: para vencer, não basta ter Força. Tem que ter Coragem e, claro, MUITA sabedoria. Como uma trindade. ps: Quem adivinhar o jogo, ganha um abraço. Rsrs
2 comments
2 comments