Chegam à Terra misteriosos sinais de rádio do espaço, até os nossos telescópios, e não se sabe a origem desses sinais. O primeiro foi encontrado em 2007 e, apesar de algumas teorias tenham sido propostas, não há provas do que são e de onde vem as rajadas rápidas de rádio (FBR). Para isso, a astrônomos estão usando inteligência artificial para identificar a fonte desses sinais de padrões. Um estudante de doutorado da Universidade de Tecnologia de Swinburne (Melbourne, Austrália), Wael Farah , desenvolveu um sistema de aprendizado de máquina treinado para detectar os FRBs. Seu sistema foi usado para treinar o radiotelescópio Molonglo para detectar as FRBs e passar para o modo de gravação mais detalhado. Assim, já foram registrados 5 deles, e os melhores dados dos sinais de rádio até o momento.
0 comments
0 comments