Você está acompanhando as manifestações na China? E já percebeu como é absurda a organização entre os movimentos? Ainda mais num país em que tudo é monitorado e vigiado, é mais surpreendente como esses chineses são espertos. Para organizar os protestos, usam o jogo Pokemon Go e Tinder, e para fugir da polícia, usam o Uber. As manifestações em massa contra uma lei de extradição - agora suspensa - começaram em Hong Kong em junho e evoluíram para uma onda de protestos pró-democracia. Entre as reivindicações, estão anistia para quem for preso durante os protestos e maior poder de escolha em futuras eleições na cidade, uma ex-colônia britânica que hoje faz parte da China sob um acordo que lhe dá certo nível de autonomia, como ter seu próprio Judiciário e um sistema legal separado. Desde o início de junho, a polícia prendeu mais de 500 manifestantes. Por isso, eles estão agora buscando formas cada vez mais criativas de realizar comícios e escapar da repressão, como usar o aplicativo de mensagens Telegram e até mesmo o serviço de transporte Uber, programas que se tornaram assim uma parte importante da organização do movimento liderado por jovens. A gente tem muito o que aprender, né?
0 comments
0 comments