Lil Nas X, o rapper que recentemente se assumiu gay, fez sua estreia no VMA contradizendo todas as expectativas. Introduzido pelo country, papis de Miley Cyrus, Billy Ray Cyrus, o muso de “Old Town Road” escolheu para a ocasião o single “Panini”. Numa vibe bem futurista, ele arrasou ao som do single e construindo ao seu redor toda a cidade tecnológica em que a narrativa se passa. Em certo ponto, gradativamente o cantor começou a brilhar no escuro com várias luzes da bandeira LGBTQ+ saltando de sua roupa. Fabuloso e militante! hehe
0 comments
0 comments