Governantes bancando os bonzinhos, os "preocupadinhos" com o mundo e os politicamente corretos, enquanto fazem justamente o contrário do que pregam em seus discursos. Nada de novo entre o céu e a terra, diriam talvez os mais atentos. Conclamar a defesa da Amazônia enquanto faz o contrário naquilo que detém controle? Sugere intervenção e quebra da supremacia brasileira por um "bem maior e comum", enquanto não cuida da parte da Amazônia em Guiana Francesa? Bem típico. Lacrador até demais.
1 comment
1 comment