Quando pensamos em gestão de empresas e espiritualidade, num primeiro momento não encontramos nenhum ponto em comum, já que estes ambientes são vistos como muito fechados, sem flexibilidade. Mas algumas companhias já têm feito uso dela para dar mais sentido ao trabalho, em que o lucro deixa de ser o foco, e há melhoria na convivência dos trabalhadores. São utilizadas ferramentas de espiritualidade, como a fé; valores éticos e morais; alegria no trabalho; criatividade e produtividade; e a vida interior, e não há nenhum vínculo religioso pré-estabelecido. De acordo com a pesquisa realizada, a espiritualidade quando bem desenvolvida nas empresas, apresenta maior engajamento dos funcionários e colaboradores, ou seja, pode ser usada para trazer uma vida melhor para a empresa e as pessoas envolvidas em seu funcionamento. Este estudo está publicado na Revista Perspectivas contemporâneas, do Centro Universitário Integrado, e foi feito por pesquisadores da Universidade de Caxias do Sul.
1 comment
1 comment