Crianças não parecem se importar tanto com as diferenças como nós, adultos. Essa igualdade infantil promove cenas das mais comoventes e lições morais e éticas dignas de nota. A cena da vez é Christian, um garoto de 8 anos que deu a mão para apoiar o seu colega Connor, que tem autismo, no seu primeiro dia de aula. “Eu o vi no chão com Connor enquanto Connor chorava no canto, e ele estava consolando o amigo. Ele pegou sua mão e o levou até a porta da frente" disse Courtney Moore, a mãe de Christian. Christian não sabia que Connor era autista e nem o via como diferente, uma mensagem que suas mães – e muitas outras – estão tirando disso. “Eu tenho medo todos os dias que alguém vai rir dele porque ele não fala corretamente, ou ri dele porque ele não fica quieto ou porque ele pula para cima e para baixo e bate as mãos”, disse April Crites, mãe do Connor. Para crianças isso era muito simples. “Não importa cor, não importa gênero, não importa deficiência, e não importa nada, apenas seja gentil, abra seu coração … é o que precisamos neste mundo”, disse Crites de abril. Adoro aprender com as crianças!
2 comments
2 comments