Matthew Goodwin, cientista comportamental da Universidade de Northeastern, juntamente com sua equipe, criou uma pulseira inteligente capaz de prever crises em pessoas autistas. O aparelho funciona a partir do monitoramento da frequência cardíaca, da produção de suor, da temperatura da pele e do movimento dos braços. A crise pode ser prevista com 60 segundos de antecedência e com 84% de precisão. Apesar de ser com apenas um minuto de antecedência, esse tempo permite um preparo para a situação de crise, como acalmar o indivíduo e garantir a segurança - importantíssimo! Em entrevista, o pesquisador relatou a importância do gadget até mesmo para evitar o isolamento das crianças. Algumas têm medo de crises repentinas, e a pulseira possibilita que elas tenham um aviso. O pesquisador ainda acredita que, com o tempo e o conjunto de dados obtidos, o modelo será cada vez mais aperfeiçoado e esse tempo de 60 segundos só tende a reduzir. É a tecnologia trabalhando para o bem!
1 comment
1 comment