Autocuidado talvez seja um dos termos que mais tenho ouvido falar recentemente. E até então o associava muito com a recém moda de skin care, e o hábito de fazer máscaras faciais em casa, enquanto degusta de uma boa taça de vinho. E acho que o termo inclui sim esse hábito, mas não apenas e obrigatoriamente esse tipo de cuidado. Na verdade, o termo é tão literal que fica fácil entender todas as possibilidades e significados. Mas basicamente é uma prática que preza por dedicar algum tempo, energia e até mesmos recursos para cuidar de você mesmo. É basicamente entender o que te faz bem é tentar fazer disso uma prioridade. E pra mim, o mais legal disso tudo é que todo autocuidado necessita de um autoconhecimento. Saber o que faz bem para sua mente e seu corpo, entender seu próprio tempo, seus limites e vontades é um exercício válido que por si só já demonstra um cuidado com si próprio.
0 comments
0 comments