Não tem assunto no mundo que eu gosto mais do que especulações sobre quem vai concorrer/ganhar o Oscar. E já começou gente! Estamos oficialmente na temporada de festivais, aquela que precede a temporada anual de premiações. Ai meu coração! ❤ Bom, situando: começou o Festival de Veneza, e alguns filmes que estão de olho em indicações, já estrearam por lá. Eles estão fazendo direitinho o que vieram fazer: arrancar elogios dos críticos e criar momento, buzz e hype que, com sorte, vão durar até as indicações começarem e, potencialmente, isso tudo será convertido em nomeações e, se pá, em prêmios também. Essa matéria aí, do Observatório do Cinema, eu confesso que achei meio forçação de barra. Só por que ta muito cedo mesmo, tem muuuuito filme pra estrear ainda e simplesmente não tem como saber ainda quem vai ser indicado ou não. Mas isso importa? Muito pouco. Isso por que agora sabemos que a Scarlett Johansson está muito bem em um filme que também aconteceu de ser elogiado, e o parceiro dela, o Adam Driver (que parece estar em TODOS os filmes ultimamente) foi super elogiado também. Isso é bom. Isso é muito bom. E é isso que o time de marketing quer: que a gente queira ver este filme. Que a gente saiba que a crítica está aprovando e que a crítica acha que a Scarlett pode ser indicada ao Oscar. Isso é suficiente pra eu querer ver o filme, e vocês? Este tipo de estratégia também faz vocês prestarem mais ou menos atenção nos filmes?
0 comments
0 comments