Segundo o líder budista Lama Padma Samten, para o budismo, a espiritualidade revela às pessoas o que elas já são e ainda não sabem. É possível trazer a espiritualidade para o cotidiano ao entender o que a mente decide o que é ou não verdadeiro, isso é determinante para as nossas emoções; também nos leva a duvidar das certezas e entender os nossos preconceitos e visão de mundo previamente estabelecidos. No budismo, esse conceito se chama avidia, que quer dizer ignorância, estar preso a uma sensação de ver tudo e entender tudo. O desenvolvimento da nossa espiritualidade traz consigo a compaixão, que consequentemente nos torna mais tolerantes. Segundo Lama, o budismo entende que a liberação do sofrimento e a felicidade dependem da nossa capacidade de ultrapassar os paradigmas criados pela mente. O líder termina a entrevista dizendo que podemos ser felizes, e a espiritualidade amplia nossa vida, e que ela, sem liberdade de pensamento, aprisiona as pessoas.
0 comments
0 comments