NÃO SE PODE FALAR DE EDUCAÇÃO SEM AMOR Desde os meus 15 anos eu ja sabia que eu queria ser prof. Apesar de todos os desafios, barreiras e dificuldades enfrentadas pela nossa profissao, não desistiremos de lutar por uma educação libertadora, por um mundo mais justo e igualitário, por uma sociedade mais amorosa e empática. Nossos alunos precisam de nós, da nossa luta, da nossa voz. E nós precisamos deles, pois so se transmite amor e conhecimento se vc é retribuído com amor e conhecimento. Nossa profissão por muitos é desvalorizada, mal compreendida e até mesmo humilhada. Mas nào deixemos isso nos abater, somos professores e temos a força e a coragem necessária para fazer a diferença, ganhamos pouco, um dia isso irá mudar. Vamos lá, que a luta não para e o amor sempre será a nossa maior arma.
0 comments
0 comments