Pai de Britney Spears está sendo investigado por agressão e abuso infantil! #FreeBritney Pai de Britney Spears está sendo acusado de ter abusado de um de seus netos... e agora há uma investigação ativa da polícia em cima do caso. Fontes policiais dizem ao famoso site americano de fofocas, o TMZ que o suposto incidente ocorreu em 24 de agosto na casa de Jamie Spears, no condado de Ventura. Dizem que Federline afirma que seu filho de 13 anos e Jamie entraram em uma discussão, e em algum momento Jamie supostamente colocou as mãos nele. As fontes do TMZ dizem que Jamie quebrou uma porta para chegar ao neto e o agarrou quando ele estava na sala - no entanto, o TMZ foi informado de que não havia machucados visíveis ou ferimentos na criança. Ainda assim, o incidente foi grave o suficiente para Kevin, que o denunciou no dia seguinte ao Departamento do Xerife da Ventura Co. Disseram-nos que os investigadores já entrevistaram testemunhas e entregaram suas descobertas ao escritório dos Departamentos Policiais. Pela primeira vez, Britney e Kevin acabaram de formalizar uma mudança no contrato de guarda dos filhos. O site afirmou que esse tem sido o acordo informal deles há um ano, mas eles arquivaram documentos para oficializá-lo junto ao tribunal. Isso tudo aconteceu dias antes de oficializarem o novo acordo de custódia das crianças. Anteriormente, a guarda era dividida num esquema de 50% para cada, e esta foi a primeira vez que foi alterada desde 2007, após a cantora ter se recuperado da fase difícil que passou. Após terem surgido indicativos de uma nova crise da saúde mental em agosto de 2018, admitida publicamente pela cantora no início deste ano, os garotos iniciaram um período de teste a fim de que fosse inspecionada como seria sua adaptação na casa da mãe. Agora, eles devem estar juntos apenas em fins de semana. Casados entre 2004 e 2007, Britney Spears e Kevin tinham desde seu rompimento um acordo a que permitia que cada um tivesse 50% da custódia dos filhos. Não está sendo fácil na vda de Brit, ela nunca passou por momentos tão difíceis desde 2007. Forças para Britney! #FreeBritney!
0 comments
0 comments