A moda é cíclica ou somos saudosistas? Recentemente, com essa overdose de tendências dos anos 80/90 voltando com tudo e tomando conta com roupas, acessórios e penteados, temos ouvido falar sobre como a moda é cíclica. O termo descreve, literalmente, o ciclo da moda, que lança, usa, cai em desuso e volta a lançar as mesmas tendências novamente, algum tempo depois. Esse é um dos principais argumentos dos adeptos de que “quem guarda, tem”, já que o que acontece é que muitas vezes peças que deixamos esquecidas, ou acreditávamos que não voltaríamos a usar, acabam voltando à moda nos fazendo voltar a cobiçar. O argumento faz mesmo sentido, e acredito ser verdade por uma série de razões, que incluem até mesmo a certa finitude ou limites para novas tendências, que acabam voltando, nem que sejam repaginadas. Mas além desse ciclo natural da moda, notei recentemente também, como somos ou estamos saudosistas. Talvez seja uma exclusividade da minha geração, que nascida na década de 80, viveu intensamente os anos 90. Ou talvez todos nós fiquemos assim em algum momento da vida. A questão é que nós não estamos apenas usando novamente as tendências da década, estamos também revivendo, curtindo, relembrando, e ficando muitas vezes nostálgicos sobre como “aqueles é que eram bons tempos”. Mas em defesa da moda, a minha percepção sobre isso se confirmou, não apenas com as tendências que vestimos ou usamos. As tendências estão sendo vividas em forma de comportamento e ideais, estando presentes no cinema, na televisão e na música. Ao ver, recentemente, o fenômeno e comoção diante do retorno de Sandy e Júnior, BackStreet Boys, e Amigos, por exemplo, fica nítido a expectativa de fãs, ou não, de reviverem, através dessas apresentações, uma etapa de suas vidas, aparentemente cercada de boas lembranças. O mesmo acontece com as novas versões de filmes como o Rei Leão, e constantes notícias sobre possíveis voltas ou especiais de séries como Friends. O fenômeno como um todo me faz questionar algumas questões, sobre o porquê de estarmos sempre querendo reviver algo, ou quanto o momento atual influencia nesse saudosismo. Porém, das poucas conclusões que tirei, uma delas é que a moda, a contrário do que muitos podem pensar, continua tendo papel significativo como retrato de uma sociedade.
1 comment
1 comment