O Brasil se complicou na Copa do Mundo de basquete. Após uma 1ª fase espetacular com 100% de aproveitamento, a seleção brasileira perdeu a invencibilidade na competição para a República Tcheca. Os thecos tiveram um domínio pleno da partida e venceram por 93 x 71. A partida da seleção foi bem fraca, bem abaixo do que tínhamos mostrado na 1ª fase. Os tchecos começaram na frente e continuaram assim até o final. O domínio foi total, a seleção do Petrovic até chegou a encostar no 1º tempo, mas no 2º tempo a equipe de Balvín não diminuiu o ritmo. No 4º quarto, o Brasil já tinha praticamente desistido da partida, a vantagem tcheca chegou a ser de 26 pontos e a vitória ficou com eles merecidamente. Varejão e Felício deixaram a desejar. Os tchecos fizeram pontos fáceis no garrafão brasileiro. No geral, a equipe toda estava abaixo do normal e não conseguiu se encontrar na partida em nenhum momento. O nosso cestinha foi o Vitor Benite com 12 pontos. Pelo lado da República Tcheca, o armador do Chicago Bulls, Tomas Satoransky fez uma partidassa com 20 pontos, 9 assistências e 7 rebotes, acertando incríveis 70% dos arremessos. O pivô Ondrej Balvin jogou demais também e anotou o double-double com 15 pontos e 11 rebotes. Essa derrota deixou o Brasil numa situação bastante complicada em relação a vaga olímpica. Para avançar para as quartas de final e pensar em conseguir a vaga, o Brasil terá que vencer nada mais, nada menos, que os EUA na próxima partida. O cenário para a classificação para a próxima fase é o seguinte: - Se o Brasil perder para os EUA: está eliminado e sem vaga olímpica (terá uma segunda chance no pré-olímpico mundial). - Se a Grécia vencer a República Tcheca: Brasil precisa vencer os EUA por qualquer placar. - Se a República Tcheca vencer a Grécia: Brasil precisa vencer os EUA por 22 pontos de vantagem. Portanto, a situação é bem delicada, vamos ter que ganhar do time mais bem preparado da competição. O confronto contra os americanos será na próxima segunda, dia 9, às 9:30 (Brasília) com transmissão do Sportv 2.
1 comment
1 comment