=Já pensou em gamificar a sua vida para conseguir alcançar suas metas mais rápido?= A gamificação não é somente um método onde mecânicas de jogos são inseridas em um ambiente de não jogo - se usada de forma inteligente, pode ser uma estratégia para motivar pessoas a correrem atrás de algo que desejam ou, até mesmo que precisam fazer. Quando você brincava quando criança, não ficava acordado durante horas por causa da música, dos gráficos, ou da história. Você ficava jogando porque os jogos eram tão difíceis que qualquer avanço era um acontecimento empolgante - e você não podia esperar mais pela hora de chegar na próxima parte. Como adulto, essas lições básicas ainda são válidas: a dificuldade não nos desanima se for suplementada com recompensas. Não importa quão difícil seja a tarefa, você consegue realizá-la se você proceder por partes. Como diz Kimmy Schmidt, “Você pode sobreviver a qualquer coisa por 10 segundos. Depois você começa outros 10 segundos.” “Difícil” pode significar mentalmente exigente, ou simplesmente algo árduo (como você já deve ter sentido ao passar seis horas na mesma maldita planilha). Qualquer que seja o significado, a dificuldade pode ser amenizada pela gamificação da vida porque somos programados para nos motivar com desafios. Para as nossas funções terem sentido temos que ter retorno, nos motivar e trazer satisfação. É aqui que podemos inserir a gamificação - enganando nosso cérebro para conseguirmos fazer coisas chatas ou difíceis do dia-a-dia. Talvez você tente quebrar seu próprio recorde de fazer a faxina, ou separar aquelas roupas que precisam ser doadas a anos ou, até mesmo, ir ao mercado comprar leite. Estudos comprovam: quando você recebe uma recompensa por realizar suas metas, seu cérebro libera dopamina, uma substância que te motiva. Você com certeza já tentou gamificar a sua vida, mesmo que em um nível mais básico: a maneira mais simples e low-tech de gamificar seu trabalho e realizar mais tarefas é atrelar recompensas a checklists. E os tracinhos que você coloca nas tarefas cumpridas engata a mesma liberação de dopamina que alcançar o objetivo de um jogo.
0 comments
0 comments