Segundo o monge sul-coreano Haemin Sunim, a sabedoria está na maneira que encaramos os problemas cotidianos e os sofrimentos. Autor do livro “As coisas que você só vê quando desacelera”, o monge esteve no Teatro Folha, em São Paulo, ao lado da atriz Bruna Lombardi. Os dois falaram sobre a importância de não reprimir os sentimentos ruins, e sim observá-los. Haemin tem uma escola em Seul, chamada Escola dos Corações Partidos, que recebe pessoas que estão em situações difíceis e precisam conversar. Quando o assunto é redes sociais, os dois concordam que é preciso se desconectar um pouco, além de tomar cuidado com a maneira que se usa, para que não se transforme em uma fonte de sentimentos ruins, mas sim de coisas boas, e renda bons frutos. A espiritualidade, para eles, deve estar próxima da realidade, e não ser inatingível. Devemos sempre buscar canalizar os nossos sentimentos bons e transformar os ruins.
0 comments
0 comments