Júpiter, o gigante gasoso, possui grandes tempestades brancas, que estão se formando nas suas faixas coloridas. São parecidas às nuvens cumulonimbus que temos aqui, tão grandes que se assemelham a uma bigorna, só podendo ser vistaa uma longa distância. No entanto, o fato de Júpiter ser imenso, as tempestades desfocam as cores que separam as faixas atmosféricas do planeta. Colunas de amônia e vapor de água sobem por meio da camada externa de nuvens de Júpiter, antes de serem condensadas e espalhadas na forma de plumas brancas pela superfície que enxergamos do planeta. Assim, são criadas redemoinhos nas bordas de diferentes faixas coloridas, misturando seus tons marrons e brancos. Se tudo correr dessa maneira, as nuvens alterarão as faixas coloridas por inteiro, ao longo do tempo.
0 comments
0 comments