O Brasil infelizmente está fora da Copa do Mundo de basquete. A eliminação brasileira veio nesta segunda-feira na derrota no 2º jogo da 2ª fase contra a forte seleção dos Estados Unidos por 89 x 73. A seleção dependia de uma vitória por qualquer placar sobre os EUA. A vitória da Grécia sobre a República Tcheca um pouco antes do jogo brasileiro deixou a situação mais “tranquila”, pois caso a Grécia perdesse, o saldo de pontos ia ser algo crucial para a classificação. Mesmo com a ajuda da Grécia, a pressão era grande e a dificuldade para vencer os campeões maior ainda. O Brasil até tentou. Todos sabíamos que seria bastante difícil de ganhar, mesmo os EUA tendo tantas baixas. A equipe comandada pela lenda Gregg Popovich fez um jogo sólido e não deu chances para o time de Petrovic. No ínicio, o Brasil estava ok. O 1º quarto defensivamente estava bom, mas ofensivamente não tanto. Terminamos o 1º quarto apenas 3 pontos abaixo: 21 x 18. No 2º período, o Brasil manteve o ritmo e chegou a empatar a partida em 33 a 33, faltando 3 minutos para o intervalo. Acabamos indo para o vestiário com 4 pontos abaixo, completamente vivos na partida. O 3º quarto, que até então, era o melhor disparado da seleção no mundial, era a nossa grande esperança. Mas dessa vez, ele infelizmente falhou. O quarto do Brasil não foi bom, e fomos para o último e decisivo período 11 pontos abaixo: 67 x 56. O quarto tinha que ser perfeito e a pressão era demais. A seleção até tentou melhorar a defesa e o ataque, mas os EUA estavam claramente mais efetivos e calmos na partida. O ataque americano fluiu demais no último quarto e a vantagem foi pra 15. Pedimos tempo, mas a situação já era muito complicada. A reação não veio e com menos de 2 minutos para o final a vantagem era de 19 pontos. A vitória acabou ficando para Kemba Walker e cia. Vítor Benite fez seu melhor jogo na competição e foi o cestinha da partida com 21 pontos. Varejão foi o que mais tentou. Ele fez 14 pontos, pegou 7 rebotes e distribuiu 3 assistências. Leandrinho ajudou com 14 pontos. Do lado americano, Kemba Walker foi bem de novo, com 16 pontos. Myles Turner jogou muito bem também. O pivô fez 16 pontos e pegou 8 rebotes. Barnes fez 10. Com a eliminação brasileira, os EUA e a Argentina foram as seleções americanas que já conquistaram a vaga olímpica. O Brasil agora tentará a última chance de conseguir a vaga no pré-olímpico do ano que vem. Os EUA seguem invictos para as quartas de final que enfrentarão a França de Rudy Gobert. O confronto ocorrerá na próxima quarta, dia 11, às 8 horas da manhã (Brasília). Fizemos uma 1ª fase excepcional, inclusive com surpresas, mas a 2º fase foi o contrário e a derrota para os tchecos custou caro. Esse é o Brasil nas Copas do Mundo de basquete. Temos que ficar orgulhosos da seleção pelo que fez e pensar no pré-olímpico para conseguirmos a vaga no Japão.
8 comments
8 comments