A brasileira Bárbara Paz fez bonito no Festival de Veneza. A atriz conquistou dois prêmios pelo documentário "Babenco - Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou", sobre o cineasta Hector Babenco. O filme foi premiado como Melhor Documentário e também levou o prêmio da Crítica Independente. Paz atuou no projeto como diretora e também produtora. Babenco trabalhou em filmes como "Carandiru" e "O Beijo da Mulher Aranha", filme indicado a quatro Oscars, inclusive o de melhor diretor para ele e de melhor ator para William Hurt - que ganhou a estatueta! O longa de 1985 também foi o primeiro filme brasileiro a concorrer a Melhor Filme (filme mesmo, sem ser estrangeiro) em um prêmio da Academia.
0 comments
0 comments