“Fazer o bem sem olhar a quem” é uma tarefa meio difícil as vezes, não sou hipócrita, não sou perfeita, mas tô tentando me policiar e melhorar sempre minhas atitudes e meus pensamentos. Ao longo de alguns anos, fui descobrindo o quanto é bom ser mais generosa, julgar menos o outro, dar mais importância e ouvir mais o que o outro tem a dizer, me valorizar mais, deixar de lado as picuinhas e mimimis... e vou falar uma coisa: sou outra pessoa, ainda meio sem paciência, mas com certeza estou melhor comigo e com o mundo, principalmente depois que parei de esperar algo em troca e deixei também de criar expectativas em relação às pessoas e relacionamentos. Estava lendo mais sobre coaching e me deparei com esse artigo, não tive dúvidas em compartilhar com vocês! Sou grata a quem escreveu, uma leitura muito positiva e hoje todos nós precisamos de positividade no nosso dia-a-dia.
0 comments
0 comments