Em 2017, um misterioso objeto interestelar, nomeado Oumuamua, intrigou a comunidade científica por ser o primeiro descoberto, de origem externa ao nosso Sistema Solar, nas nossas redondezas. Pouco se soube a respeito pois já estava na sua via de saída. No entanto, com as tecnologias atuais, especulava-se que encontraríamos outros objetos similares. O astrônomo amador ucraniano Gennady Borisov avistou o novo objeto em agosto, com um telescópio que ele mesmo construiu. Sua observação chamou a atenção do Minor Planet Center (MPC), do Observatório Astrofísico Smithsonian da União Astronômica Internacional (IAU). O nome provisório do corpo é C/2019 Q4 (Borisov). E agora poderemos observá-lo com mais cautela.
0 comments
0 comments