SEXTA-FEIRA 13 Sexta-feira 13 é um dia de azar, as pessoas só não sabem o motivo correto. Foi na sexta-feira 13 do ano 1307 que o cristianismo perdeu sua ordem mais digna, mais honrosa e mais poderosa: a Ordem dos Cavaleiros Templários. A maioria de seus membros foram queimados vivos pelo papa sob a falsa acusação de bruxaria e de adoração ao demônio. O papa desejava usar deste ardil para se apossar da riqueza e do poder desta ordem notável com o auxílio do Rei da França. O fundador, Hugo de Payens, inspirou-se no 2º e 6º Princípios Universais: II- Não mate, salvo em justa defesa. Arme-se. VI- Não aceite a escravidão, nem fique paralisado diante da injustiça. Hugo de Payens dedicou sua vida para proteger os fracos e os indefesos, especialmente os peregrinos que saiam da Europa para Jerusalém a fim de visitar o lugar onde teria vivido Jesus, o personagem mais importante da fé cristã. A ideia de Hugo tocou tanto as pessoas que de cavaleiro solitário defensor dos peregrinos, rapidamente seu movimento transformou-se numa Ordem de Cavaleiros com milhares de adeptos que recebia muitas doações voluntárias para se manter. Esta ordem foi a mais importante da cristandade e sem ela não existiria o mundo atual. Ela criou o sistema bancário, os hospitais, e a primeira previdência privada do mundo para cuidar dos idosos e dos desvalidos sem os quais jamais teria havido o florescimento do comércio tão necessário para superação do mundo feudal. Os templários também foram responsáveis por encontrar as cartas náuticas antigas que apontavam para a existência de uma terra além-mar chamada “Brasil”. Após a perseguição pelo papa, os templários sobreviventes foram para Portugal e fundaram a Ordem de Cristo, a mesma que “descobriu” o Brasil por “acidente”. O grande azar dos Templários foi acreditar no papa e em ladrões legalizados: os reis daquela época. Que esta lição seja sempre lembrada por todos que desejam fundar Legiões: nunca confie em "líderes religiosos", jamais negocie com ladrões legalizados. Cada ainista deve ser seu próprio líder. Nossa união com outras pessoas nunca deve ser para o fim de seguir um líder, mas para nos tornarmos mais fortes em nosso objetivo de praticar os 12 Princípios Universais. SPQR Pratique os 12 Princípios: https://ainismo.com/os-doze-principios/ Fonte: READ. Paul Piers. Os Templários: a história dramática dos Cavaleiros Templários, a mais poderosa ordem militar dos cruzados. Rio de Janeiro: Imago, 2001.
0 comments
0 comments