Pelo visto um evento pontual ocorrido na Arábia Saudita tende a impactar fortemente o mercado de petróleo mundo afora. Houve um ataque de drone que atingiu o maior campo de processamento de petróleo do mundo. O ataque ocorreu antes do amanhecer às instalações da Saudi Aramco e gerou vários incêndios. Segundo três fontes desestabilizou, importações e exportações. A Arábia Saudita, que liderou uma coalizão militar sunita que interviu no Iêmen em 2015 contra os houthis, culpou o Irã por ataques anteriores, algo que Teerã nega. Riad acusa Teerã de armar os houthis, acusação negada pelo grupo e pelo governo iraniano. O fato em questão, sem acasos envolve os Estados Unidos, já que as tensões na região cresceram nos últimos meses, depois que os Estados Unidos saíram de um acordo nuclear internacional e estendeu suas sanções econômicas ao Irã. É válido ressaltar que o recurso em questão é a principal matriz energético mundo, cujo mercado é fortemente oligopolizado. O que podemos aguardar? No mínimo, diante de comprometimento da oferta, reduzindo-a, haverá uma elevação dos preços do petróleo.
0 comments
0 comments