Nexo: "O Instituto Mercado Popular (ou IMP) divulgou, na quinta-feira (5), um estudo intitulado "Reforma da Previdência: Um Guia para Não-Economistas", que trata dos impactos distributivos da reforma da Previdência. A pesquisa se baseia no texto aprovado pela Câmara dos Deputados e busca compreender como a reforma pode afetar as diferentes parcelas da população, de quem contribui a quem recebe o benefício. O estudo utiliza dados de diferentes fontes. Entre elas, estão a Instituição Fiscal Independente, ligada ao Senado, o Anuário Estatístico da Previdência de 2017, relatórios do Ministério do Planejamento, pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), documentos da Secretaria do Tesouro, entre outras. Os cálculos apresentados, realizados pelo IMP, têm como base esses números."
0 comments
0 comments