O estudante de graduação sofre muita pressão. Ah sofre! Lida com uma demanda imensa de trabalhos e, na maioria dos casos, trabalha o dia todo e vai para a faculdade à noite já exausto. É muito comum percorrermos madrugadas em leituras de artigos e desenvolvimento de atividades acadêmicas. Os finais de semana, geralmente, são dedicados aos estudos também: trabalhos, trabalhos, leituras e mais trabalhos! E a vida social do discente fica comprometida, pois alguns professores, infelizmente, não pensam que os exageros por excesso de tarefas a longo prazo podem levar a prejuízos psicológicos/sociais, já que a vida do discente não pode ser resumida à universidade somente! Realmente ALGUNS professores extrapolam e isso pode afetar tanto a nossa saúde física quanto a nossa saúde mental e ela também é muito importante para nossa formação. Nesse caso é ideal promover um trabalho de conscientização voltado para tais profissionais!👨‍🏫👉🏽 #porprofessoresconscientes#ficadica
0 comments
0 comments