Hoje vou falar contigo sobre um assunto que está presente quase que no dia a dia de todas as pessoas e que por vezes não sabemos ao certo do que se trata e como funciona, a taxa de inflação. Todas as ações que um governo faz, a boa aplicação dos recursos, o corte de gatos, e as politicas econômicas que ele adota, impactam diretamente no consumo de bens ou serviços pela população. E essas ações vão gerar aumento ou redução de preços, causando inflação ou a deflação. A inflação acontece quando os preços sobem, ocasionando a diminuição do poder aquisitivo da moeda do país. E a deflação é ao contrário, os preços caem a poder aquisitivo aumenta. Por exemplo, em 2017, a inflação ficou abaixo dos 3% e uma das causas foi a deflação dos alimentos. Inflação alta reduz o poder aquisitivo das pessoas, inibe o consumo de produtos ou serviços e pode levar um pais a recessão, ou seja, a retração da atividade econômica. Por outro lado, uma deflação pode representar também a redução de consumo, que também é um ambiente recessivo. Cabe ao governo uma política econômica que mantenha o equilíbrio. Existem quatro tipos diferentes de inflação, veja só: Inflação de custos: Ocorre quando há uma demanda constante por determinado produto ou serviço e ocorrem aumentos nos custos de produção, ai cai a oferta dos produtos e aumentam os preços. É o que ocorre com o trigo, como importamos bastante, se o preço aumenta no mercado internacional, consequentemente, por ser matéria prima, aumenta o preço do pãozinho. Inflação de demanda: Ocorre quando aumenta a demanda por bens ou serviços acima da capacidade de produção, o que faz com o que aumente a pressão para a elevação dos preços ao consumidor. Por exemplo no inverno, se fizer dias de calor seguidos, a demanda por ar condicionado cresce, porém os estoques do produto são baixos então os preços sobem. Inflação estrutural: Ocorre quando existem pressões para aumento dos custos devido a deficiências estruturais na logística, na tecnologia, na agricultura, na indústria. Por exemplo, podemos ter o aumento de preços por conta de um frete mais caro, por consequência das condições ruins das estradas Brasileiras. E a inflação inercial, ocorre quando a inflação atual é gerada pela inflação de períodos passados, em um ciclo vicioso de aumento de preços. Mesmo quando não há motivos para aumentar os preços, se aumenta da mesma forma, como acontece no caso dos alugueis e mensalidades escolares. No Brasil trabalha-se com o sistema de metas de inflação. Metas essas, que são definidas pelo Banco Central. Trimestralmente é divulgado um relatório que menciona os resultados obtidos através da aplicação das politicas monetárias do governo. Esse foi um resumo de conceitos sobre inflação. Para o empresário é interessante conhecer, pois esse indicador impacta diretamente na sua empresa. Na projeção de crescimento, na formação de preço, na análise de resultados e na escolha de investimentos. Essa foi a minha dica de hoje, meu muito obrigado e até a próxima. Robson Luiz Pezzini
0 comments
0 comments